skip to Main Content
CUSTOS LOGÍSTICOS DE UM E COMMERCE

COMO REDUZIR OS CUSTOS LOGÍSTICOS DE UM E-COMMERCE

Como dono de uma loja virtual, você deve estar se perguntando se é possível reduzir os custos logísticos de um e-commerce. Saiba que, apesar de ser um problema comum entre os empreendedores que possuem um negócio na internet, é possível e relativamente fácil adotar algumas medidas que ajudarão na redução das despesas!

O primeiro passo para reduzir custos logísticos de um e-commerce é compreender exatamente o que o seu cliente precisa. Em outras palavras, um estudo de mercado.

ENTENDA O MERCADO

Enquanto oferecer produtos de qualidade e possuir um controle de estoque rigoroso são essenciais para o bom desenvolvimento de um e-commerce, nada disso será realmente eficiente, caso o dono do negócio não tenha realizado um estudo bastante amplo e com a participação do público que deseja captar como a sua clientela.

É fundamental garantir que o seu cliente participe desses processos, seja através de pesquisas e questionários, conversas mais informais ou qualquer outra forma que julgar cabível para o seu negócio. Isso torna o entendimento das necessidades e desejos dos clientes mais fácil!

E entender o que os seus clientes querem e o que eles precisam é o que definirá se o seu negócio terá sucesso ou não, pois o cliente só se interessa pela compra se ele precisar ou desejar um bem ou serviço, certo? Portanto, posicionar-se da forma correta é essencial.

REDUZA OS CUSTOS COM O ESTOQUE

Um levantamento realizado pela ABComm, a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico, revelou que 37,4% dos custos do e-commerce são relacionados ao manuseio e ao estoque de produtos.

Para reduzir esses números – que são bastante altos -, será preciso rever o seu controle de estoque e garantir que algumas medidas serão tomadas durante o manuseio e o armazenamento.

Para reduzir os custos logísticos de um e-commerce, será importante registrar todas as informações do seus produtos e classificá-los de acordo com a sua relevância dentro do seu negócio. Para isso, você poderá utilizar classificações como

  • Produto principal – aquele que carrega a especialidade do seu negócio;
  • Produtos de maior saída – produtos que sempre são vendidos;
  • Produtos sazonais – itens vendidos em épocas específicas, como Natal, Páscoa, etc;
  • Produtos com baixa saída.

No caso do produto principal, será sempre necessário possuir uma boa quantidade de itens no estoque, já que a indisponibilidade dessas mercadorias é incabível para a sua loja virtual.

Os produtos de maior saída também devem ser repostos com frequência, já que estão sempre sendo vendidos.

Os produtos sazonais devem ser adquiridos conforme a demanda esperada. Baseie-se nos resultados dos anos anteriores e tenha uma quantidade um pouco superior, caso espere mais clientes dessa vez, mas cuidado com o exagero.

Os produtos de baixa saída precisam ser repostos de acordo com a sua necessidade. Se algo não está saindo, invista em promoções e livre-se do estoque encalhado.

Além disso, será preciso realizar uma comparação das despesas que você possui ao adquirir novos produtos com o lucro sobre as vendas.

Nesse momento, será possível identificar se os seus fornecedores são a melhor escolha para o seu negócio. Negocie descontos com aqueles que você já possui uma relação lucrativa e, principalmente, a longo prazo!

Verifique outras opções de fornecedores e descubra se existem opções mais rentáveis no mercado. Prender-se a um fornecedor específico por comodidade pode não ser a melhor das ideias e, normalmente, acaba atrapalhando na redução de custos logísticos para um e-commerce.

CUIDADO COM O TRANSPORTE

Não é difícil encontrar consumidores insatisfeitos com lojas por conta do transporte do produto. Se alguma coisa dá errado e os itens são extraviados, acabam quebrados ou a transportadora, por algum motivo, não consegue entregar os itens para o cliente, custos desnecessários são gerados.

Opte por uma empresa de confiança e garanta que cada etapa da logística do seu e-commerce será conduzida da melhor forma possível.

Além disso, garanta que a cubagem não interfira tanto nos custos. Verifique a possibilidade de enviar produtos em caixas de tamanhos próximos àqueles do produto. Quando possível, envie os itens desmontados, isso ajuda a reduzir os custos de transporte.

Essas foram algumas dicas de como reduzir os custos logísticos de um e-commerce. Esperamos que tenham sido úteis para você!

Descubra como ter uma logística de sucesso para o seu e-commerce.

Se ainda existirem dúvidas, entre em contato com a Mourão. Será ótimo falar com você e ajudar na solução dos seus desafios!

Até breve.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top
Buscar