skip to Main Content
INVESTIR EM E COMMERCE

INVESTIR EM E-COMMERCE VALE A PENA?

Se você tem uma loja ou ainda pensa em abrir uma, provavelmente já pensou em investir em e-commerce. Mas, se está aqui, é porque ainda não tem certeza se é um bom investimento.

Vamos descobrir as vantagens, desvantagens e segmentos mais bem-sucedidos do e-commerce no Brasil?

Sem dúvidas, uma das maiores vantagens do avanço tecnológico e da inclusão digital é a possibilidade de comprarmos produtos a qualquer hora e a qualquer lugar.

Realizar compras sem o intermédio de uma pessoa, com total conforto e liberdade de escolha de produtos é um benefício que o consumidor busca, cada vez mais, encontrar para obter aquilo que precisa ou deseja.

As ausências de filas, trânsito e da necessidade de confiar na opinião dos vendedores sobre os produtos agregam valor à modalidade de negócio e atraem cada vez mais compradores!

Se o consumidor possui cada vez menos tempo, como a loja conseguirá reter o cliente por mais tempo e realizar mais vendas?

As lojas virtuais chegam para atender essa necessidade e, vem ganhando cada vez mais espaço na vida do consumidor moderno que, com sua rotina acelerada e pouco tempo disponível, tenta encontrar pequenos intervalos para obter novos produtos.

O E-COMMERCE EM 2017

A crise parece não afetar as vendas das lojas virtuais. Enquanto vários setores sofrem com o difícil período de recessão que o país se encontra, o e-commerce continua a se sobressair, ano após ano, com previsões animadoras para o crescimento do setor.

A expectativa para o ano de 2017 é de que o comércio eletrônico obtenha um crescimento de 12%.

Com isso, surgem diversas oportunidades no horizonte do empreendedor, seja para buscar novas fontes complementares de renda ou para começar um negócio.

AS VANTAGENS PARA O VENDEDOR

Vender online não é benéfico apenas para o comprador. Existem vários benefícios que irão agradar o vendedor.

Entre eles:

  • Ambiente informatizado e acessibilidade dos dados a qualquer momento e de qualquer lugar;
  • Processos automatizados;
  • Não é preciso entender de programação;
  • Facilidade para encontrar consumidores.

E não pára por aí. Investir em uma loja online traz economia, pois não é necessário realizar vários dos processos que seriam realizados com produtos disponibilizados em lojas físicas.

Porém, é preciso ter bastante atenção. O dono da empresa precisa se preocupar com a disponibilidade de estoque constantemente.

Já imaginou a frustração causada quando um cliente compra um produto que não possui disponibilidade de estoque? É algo que irá prejudicar a imagem da empresa seriamente!

Portanto, o cuidado com esses processos será fundamental e deverá ser acompanhado de perto e com frequência.

AS DESVANTAGENS

Como qualquer outra modalidade de negócio, o comércio eletrônico possui algumas desvantagens.

São elas:

  • Possibilidade de ocorrência de problemas com o transporte do produto;
  • Obrigatoriedade em arcar com despesas de transporte, caso o comprador se arrependa da compra;
  • Vulnerabilidade a hackers;

A transportadora pode manusear o produto de forma inapropriada, causando danos ao mesmo e acarretando em prejuízo para a loja virtual. Por isso, é preciso selecionar bem o serviço de entrega e ficar atento às opiniões dos compradores.

Se, por algum acaso, o tamanho do produto não agradar o comprador, este poderá devolvê-lo dentro de um prazo de sete dias. Segundo o código do consumidor, o cliente tem o direito de se arrepender da compra e devolver o item comprado. Os custos para devolução são de responsabilidade integral da loja.

Assim como os bandidos convencionais, os hackers podem prejudicar seus negócios e roubar informações dos cartões de clientes. Não é algo que ocorre o tempo todo, mas falhas na segurança do seu e-commerce poderão acarretar em problemas graves.

Investir em uma loja online requer um bom planejamento e, isso certamente inclui investimentos na segurança para pagamentos.

PLANEJANDO SUA LOJA VIRTUAL

Qualquer negócio começa com um planejamento meticuloso e eficaz. Não obedecer a essa regra significa arriscar tudo e abrir as portas para o fracasso. Planejar engloba várias tarefas que irão garantir a eficácia da sua empresa.

  • Defina a especialização

A primeira etapa é entender que tipo de produto será vendido e qual será o nicho a ser atendido pela empresa. Não adianta oferecer todo tipo de produto e não trabalhar em uma especialidade, pois esta servirá para atrair a maior parte dos seus clientes.

  • Segurança acima de tudo

Despesas com segurança serão inevitáveis. É preciso garantir que todas as etapas que antecedem, permeiam e sucedem a compra, estejam devidamente protegidas. O acesso, a inserção de dados, o pagamento e o transporte devem possuir a melhor tecnologia disponível, garantindo total segurança e privacidade para o comprador.

Alguns modelos de lojas virtuais já apresentam uma estrutura de segurança pronta para o uso. Voltadas especialmente para os usuários que não possuem quaisquer conhecimentos sobre segurança da informação e linguagens de programação, as lojas online que podem ser alugadas são a solução mais recomendada para quem está começando.

  • Observe a concorrência

Sempre fique atento ao que o concorrente está fazendo. Ao definir seu posicionamento e público-alvo, ficará mais fácil entender quais as lojas que competem diretamente com o seu negócio.

Assim, você poderá entender que tipos de estratégias podem ser assimiladas às suas ações de venda e quais você deve evitar.

  • Seja original

Observar a concorrência não significa que você não deverá ser original. É preciso investir em benefícios e vantagens únicas para o comprador. É difícil desenvolver algo que não poderá ser replicado pelos concorrentes mas, é justamente o que irá manter o seu cliente fiel à sua marca.

Todas as despesas precisam de um controle financeiro rigoroso. Cuidar da aquisição, organização e distribuição de produtos, além do pós-venda e do relacionamento com o cliente, certamente não é algo que deve ser aliado aos cuidados com as finanças.

Somente os serviços de contabilidade especializada em e-commerce poderão oferecer o auxílio que você busca para cuidar do seu negócio de forma eficiente e trazer os melhores resultados, garantindo economia e maior lucratividade.

Confira algumas dicas para aumentar os ganhos do seu e-commerce.

A Mourão é uma empresa contábil cuja especialização inclui negócios virtuais. Contate-nos e tire todas as suas dúvidas sobre e-commerce e comece já o seu novo negócio!

Até a próxima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top
Buscar