skip to Main Content

O salário do empreendedor:

Nas PMEs é comum que quando a empresa atinja um grande volume de vendas, parte desse dinheiro é utilizada sem controle pelos sócios para uso próprio, em pagamentos de despesas pessoais, adquirindo carros ou motos entre outras atividades. Essas retiradas comprometem o fluxo de caixa da entidade, impedindo a de honrar seus compromissos com fornecedores, funcionários e impostos. Lembrando que a empresa tem existência jurídica própria, é necessário o empresário conscientizar-se que não pode retirar o dinheiro das receitas da empresa a seu bel prazer.

Dai surge a necessidade de estipular um valor mensal a ser retirado pelo sócio. É justo que ele seja remunerado pelo trabalho realizado, sem comprometer o caixa da entidade. Esse valor deve ser avaliado junto ao contabilista, baseado nas receitas previstas e nas atividades previstas. O Pro Labore implica no recolhimento do INSS, e incide Imposto de Renda Retido na Fonte,e pode mudar de acordo com o regime tributário da empresa. O Pro Labore também deve ser incluso na Declaração de Pessoa Física do Ano de Exercício do sócio da empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top
Buscar